Google+ Followers

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

CONVERSA NO WHATSAPP!!!! REFLEXÃO







REFLEXÃO DE CONVERSA:
[19:04, 16/1/2018] X: As mulheres são mais inteligentes que os homens e estão dominando o mundo, mas ainda dependem da força bruta dos homens para algumas tarefas

Lídia Devitte Fontes:
Indignada!!!! Kkkk
kkkkk depende não, se elas se permitirem fazer elas mesmas, senão caso contrário pagamos homens pra fazer pq não estudam e é o que lhe restam ser  chefiados por mulheres, tal como homens chefiam mulheres que não estudam....Que machismo!!!! kkkkkkk  isso não depende de ser homem ou mulher, depende da consciência do ser humano, somos homens e mulheres homo sapiens , viemos dessa origem trazendo muitas raízes de pessoas que apenas começavam a  explorar o mundo, mas que naquela época havia distribuições de tarefas e não exploração da mulher que trabalha e sempre recebe menos que os homens. isso que é indigno de aceitação...  beijinhos.....tem muitos homens que trabalham pra não ficar lavando louça em casa,  e tem muitos homens que não trabalham pra ficar lavando louças e cuidando das crianças...isso sim seria uma opção de cada um, ao qual se acha feliz no que faz!!! Parabéns por cada escolha!!! Desde que ninguém numa relação seja explorada!!!!  Beijinhos.... fui

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

 A LIGAÇÃO DA VIDA COM A RESILIÊNCIA



Devemos viver cada momento, cada segundo como se ele fosse o último em nossas vidas, mas viver mesmo, compartilhando amor, carinho, compreensão, ajuda, resiliência, fraternidade, enfim viver a vida com sentimentos significativos e principalmente se colocar no lugar do outrem, amando a vida e ajudando o próximo.


quarta-feira, 31 de agosto de 2016

“Talvez o amor”, um vídeo para quem sabe que o amar não se explica...



 https://www.youtube.com/watch?v=1jY4CqcLoO4





http://www.revistapazes.com/talvez-o-amor/

“Talvez o amor”, um vídeo para quem sabe que o amar não se explica

 Quando a solidão aperta o peito, somos convidados a meditar no carinho que desprezamos, no afago de que nos privamos, nos amores de que fugimos.

Então, sentimo-nos encorajados a tentar compreender o Amor em sua plenitude, a partir da lacuna de nossas almas.
Estou certa de que este vídeo nos ajudará a refletir.

 “Talvez o Amor
Música de John Denver
Talvez o amor seja como um lugar de descanso, um abrigo da tempestade
Ele existe para te dar conforto, ele está lá para te manter aquecido
E nas horas de turbulência, quando mais você está sozinho
A lembrança de um amor te levará para casa
Talvez o amor seja como uma janela, talvez uma porta aberta
Ele te convida a chegar mais perto, ele quer te mostrar mais
E mesmo que você se perca, e não saiba o que fazer
A lembrança de um amor fará você superar tudo
Oh, o amor para alguns é como uma nuvem, para outros, tão forte quanto o aço
Para alguns um modo de vida, para outros uma forma de sentir
E alguns dizem que o amor é se agarrar, e outros dizem que é deixar ir
E alguns dizem que o amor é tudo, outros dizem que não sabem
Talvez o amor seja como o oceano, cheio de conflitos, cheio de dor
Como uma lareira quando faz frio lá fora, como o trovão quando chove
E se eu vivesse para sempre, e todos os meus sonhos fossem realizados
Minhas lembranças de amor seriam de você
E alguns dizem que o amor é se agarrar, e outros dizem que é deixar ir
E alguns dizem que o amor é tudo, outros dizem que não sabem
Talvez o amor seja como o oceano, cheio de conflitos, cheio de dor
Como uma lareira quando faz frio lá fora, como o trovão quando chove
E se eu vivesse para sempre, e todos os meus sonhos fossem realizados
Minhas lembranças de amor seriam de você”


http://www.revistapazes.com/talvez-o-amor/